Um crime chocou familiares e amigos de um motorista de aplicativo na Região Metropolitana de Curitiba. No final da tarde da última quinta-feira (21), o idoso Lourival Oliveira dos Anjos, de 63 anos, recebeu um chamado para levar um passageiro em um sítio em Porto Amazonas e não foi mais visto desde então. Assim que não deu mais notícias, a família passou a rastrear o caminho dos gastos realizados no cartão de crédito da vítima. Ele foi encontrado morto, em um matagal.

Após o sumiço, a polícia conseguiu prender um dos suspeitos do latrocínio, que confessou o crime e apresentou a faca usada. Ele disse que abandonou o corpo do idoso em meio a um matagal, na Cidade de Campo Largo. Após buscas, ainda na madrugada deste sábado, o corpo de Lourival foi encontrado e recolhido ao IML de Curitiba.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O filho da vítima, Claudir Oliveira dos Anjos, contou que o suspeito chamou o pai para uma corrida pelo celular.

“Esse menino chamou ele no telefone e meu pai foi, levou ele para um sítio, como se fosse para pegar um emprego. Descobrimos que o carro passou em duas lombadas eletrônicas de Curitiba. Na sexta-feira, encontramos também registro de que ele usou o cartão de crédito do meu pai em um posto de gasolina, em uma loja e em um supermercado”, afirmou à reportagem.

O carro da vítima, um Ford Fiesta, continua desaparecido. A suspeita da família é que o carro está com a namorada do suspeito, em Curitiba. “Ela desapareceu com o carro do meu pai. Ela também estava junto quando o meu pai foi morto”, contou.

Portal Guaíra com informações da Banda B