(Foto: Redes Sociais)

O arquiteto e urbanista Jaime Lerner morreu na madrugada desta quinta-feira (27), aos 84 anos. O curitibano, que já foi governador do Paraná e prefeito da capital paranaense, estava internado desde a última quarta-feira (26), no Hospital Evangélico Mackenzie. As informações são do RicMais.

A assessoria do hospital confirmou a morte, que aconteceu às 5h10 desta quinta-feira (27), em decorrência de complicações de doença renal crônica. Segundo o serviço funeral municipal de Curitiba, o velório será realizado na Capela Mortuária Israelita Água Verde e o enterro está previsto para às 15h, no Santa Cândida.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em março passado, ele foi diagnosticado com Covid-19 e apresentou sintomas leves da doença. Ele já havia tomado as duas doses da vacina contra a doença naquela data.

Jaime Lerner
Formado pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 1964, Lerner foi responsável pela criação do Instituto de Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), em 1965, e participou da estruturação do Plano Diretor de Curitiba, o qual resultou na revolução física e social da cidade.

Em 1971, foi nomeado prefeito de Curitiba pela primeira vez. Foi nessa gestão que implantou o Sistema Integrado de Transporte Coletivo, reconhecido internacionalmente por sua eficiência, qualidade e baixo custo. Nas duas gestões seguintes, de 1979 a 1983 e de 1989 a 1992, Lerner intensificou seu programa de avanços sociais e projetou a capital paranaense para o mundo como um dos símbolos de qualidade de vida.

Em 1994, ele foi eleito governador do Paraná e se reelegeu em 1998. Assim, promoveu uma das maiores transformações econômicas e sociais da história, o que garantiu ao estado o prêmio Criança e Paz da Unicef, para os programas “Da Rua para a Escola”, “Protegendo a Vida” e “Universidade do Professor”.

Lerner também foi presidente da União Internacional dos Arquitetos (UIA), entre 2002 e 2005.

Prêmios de Jaime Lerner
Em 2010, Jaime Lerner foi nominado pela revista Time como um dos 25 pensadores mais influentes do mundo e, em 2011, recebeu o prêmio Leadership in Transport Award, agraciado pelo International Transport Forum at the OECD.

Já em 2018, foi eleito o segundo maior urbanista do mundo pela revista norte-americana de planejamento urbano Planetizen. Entre outros trabalhos, o ex-prefeito de Curitiba foi responsável pela transformação da Rua XV de Novembro em calçadão para pedestres, em 1972, e pela criação do sistema de canaletas exclusivas para o transporte coletivo da capital.

Confira outros prêmios dele:

Prêmio Máximo das Nações Unidas para o Meio Ambiente – conferido pela United Nations Environment Programe (UNEP), New York – 1990.
Prêmio Anual do Instituto Internacional de Conservação de Energia (IIEC), Washington D.C – 1990
Expo 90 – Osaka, Japão – dois prêmios conferidos pelo alto grau dos programas de conservação ambiental – 1990.
Prêmio Habitat “Scroll of Honor” – 1991
Prêmio “Tree of Learning Award” da União Internacional para Conservação da Natureza – 1991
U.S. Worldwatch Institute – Prêmio pelo sistema de transporte coletivo urbano de Curitiba – 1991
EC0 92 – International Council for Local Initiatives, a UN agency – 1992
Unicef – Criança e Paz – 1996
Medalha Thomas Jefferson da Universidade de Virgínia (USA) – 1997
Prêmio Príncipe Claus – Fundação Príncipe Claus para Cultura e Desenvolvimento – Holanda – 2000
Prêmio Pioneiro 2001 – Conselho Internacional de Comunidades com Visão Solidária (ICCC-USA) – 2001
Prêmio The 2001 World Technology Award for Transportation – The National Museu of Science and Industry – Londres – 2001
Principais Títulos

Doctor Honoris Causa – Universidade Politécnica de Cracóvia (Polônia)
Doctor Honoris Causa – Technical University of Nova Scotia (Canadá)
Comenda “Colar de Ouro” – Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB
Membro Honorário do Royal Institute of Architects of Canada
Membro Honorário do American Institute of Architects
Membro Honorário do Royal Institute of British Architects
Hospital emite nota

O Hospital Universitário Evangélico Mackenzie emitiu uma nota na manhã desta quinta-feira (27) lamentando a morte do ex-governador Jaime Lerner.

É com imenso pesar que o Hospital Universitário Evangélico Mackenzie informa que às 5h10 desta quinta-feira, 27 de maio, o ex-governador Jaime Lerner veio a óbito em decorrência de complicações de doença renal crônica.
Lamentamos a perda e desejamos conforto aos familiares, em nome do Senhor.

As informações são do site RicMais