(Foto: Portal O Vale)

A mãe da menina que engravidou após suposto estupro de vulnerável por parte do padrasto foi presa, acusada de consentir a violência sexual contra a filha. O homem foi preso preventivamente pela Polícia Civil no último dia 15 de julho.

A Polícia Civil de Campina da Lagoa prosseguiu com as investigações com apoio do Conselho Tutelar de Nova Cantu. A investigação revelou que o autor abusava sexualmente da enteada de forma sistemática com o conhecimento da mãe, que também teve o mandado de prisão expedido pela justiça.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A genitora foi presa e conduzida para prisão em Cascavel. A vítima foi encaminhada à rede de proteção do município de Nova Cantu e está segue sob acompanhamento.

Portal Guaíra com informações do Portal O Vale