Um casal foi condenado a quase 40 anos de prisão, na segunda-feira (20), pela morte de uma criança de 3 anos, em Barracão, no sudoeste do Paraná.

De acordo com as investigações, o padrasto e a mãe do menino agrediram a criança diversas vezes, submetendo ela a intenso sofrimento físico e mental na casa onde eles moravam em Bom Jesus do Sul, também no sudoeste.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O padrasto recebeu pena de 39 anos pelos crimes de tortura e homicídio triplamente qualificado, com motivo fútil, uso de meio cruel e de recurso que dificultou a defesa da vítima. Já a mãe, foi condenada a 36 anos de prisão pelos mesmos crimes, tendo ainda se omitido diante das agressões praticadas pelo companheiro.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), a sentença levou em consideração as teses de que o casal torturou, física e psicologicamente, a criança por cerca de três meses. O menino morreu no dia 5 de abril de 2020, após intensas agressões, que provocaram graves lesões.

O padrasto está preso desde o dia do crime e não terá direito de recorrer em liberdade. A mãe está foragida desde outubro deste ano, e está sendo procurada internacionalmente.

Portal Guaíra com informações do MPPR