Os corpos de uma mulher, de 33 anos, e do filho dela, de sete anos, foram encontrados na casa onde moravam, no final da tarde desta quarta-feira (1º), em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo a Polícia Civil, o marido e padrasto das vítimas, de 31 anos, é suspeito de assassinar Vani Magalhaes e a criança a facadas. Ele, conforme a investigação, cometeu o crime na madrugada e fugiu.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ainda conforme a polícia, o suspeito deixou uma filha, de quatro anos, no local, trancada com os corpos das duas vítimas. O crime foi registrado na Rua Nova Jerusalém.

A polícia informou que a menina ficou trancada com as vítimas até o final da tarde. Vizinhos ouviram o choro da criança e pediram socorro.

A menina que sobreviveu pode ter ficado pelo menos 12 horas a espera de socorro. Ela foi levada ao Conselho Tutelar, sem ferimentos.

Até a publicação desta reportagem, equipes da Polícia Civil buscavam o suspeito, que não havia sido preso.

Um perito que atendeu o caso disse que os corpos das vítimas foram encontrados em cômodos diferentes da casa. Ele recolheu no imóvel três facas que podem ter sido usadas no crime.

Portal Guaíra com informações do G1