Pesquisa estava prevista para ser divulgada na terça-feira, mas foi contestada pelo candidato da Rede, Jorge Bernardi. (Foto: Franklin de Freitas)

ad

[dropcap color=”#eeee22″]A[/dropcap] juíza auxiliar Graciane Aparecida Do Valle Lemos, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PR), acatou pedido da campanha do candidato ao governo da Rede, ex-vereador de Curitiba, Jorge Bernardi, e suspendeu a divulgação da pesquisa Ibope sobre a disputa eleitoral no Paraná, prevista para amanhã.

Na ação, a coligação de Bernardi aponta, entre outras supostas irregularidades, que o questionário utilizado não apresenta as mesmas faixas etárias daquelas constantes no plano amostral; e incompatibilidade entre o grau de instrução dos entrevistados constantes no plano amostral e aquele objeto de questionamento pelo entrevistador, descartando os eleitores de menor nível de instrução escolar. Na decisão, a juíza entendeu que “no pedido formulado pela parte autora há plausibilidade jurídica do pedido quanto às duas primeiras alegações, porque todos os institutos de pesquisa têm conhecimento prévio dos requisitos exigidos pela legislação eleitoral para organizarem o trabalho da consulta aos entrevistados, devendo organizar os questionários de modo que os dados colhidos se revelem no registro da pesquisa”.

No despacho, a magistrada afirma ainda que como “a realização de uma pesquisa que não reflete na sua divulgação os dados colhidos pela impugnada, é necessária a determinação de proibição de divulgação dos dados, já que a proposta da pesquisa, na forma até agora apresentada, é parcial, com potencial de causar danos aos candidatos, sendo necessária a preservação da igualdade e da lisura no pleito entre todos”. Além de determinar a proibição da divulgação da pesquisa, ela estabeleceu multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento da decisão e deu prazo de dois dias para que o Ibope apresente a defesa. O instituto recorreu e espera reverter a decisão até amanhã para divulgar os resultados.

O Ibope registrou a pesquisa na semana passada. O levantamento encomendado pela RPC TV que pretendia ouvir 1.204 eleitores entre os dias 29 de agosto e 4 de setembro com nível de confiança de 95% e margem de erro três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa, que está registrada sob o número PR-04985/2018 também pergunta em quem os eleitores pretendem votar para governador, senador e presidente da República e questiona a preferência partidária do eleitor, e a avaliação dos mesmos sobre a administração da governadora e candidata à reeleição, Cida Borghetti (PP) e da gestão do presidente Michel Temer (MDB).

Portal Guaíra com informações do Bem Paraná


ad