A Polícia Civil confirmou que o corpo encontrado numa cava da Rua Augusto Lúcio, no bairro Guarituba, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, é de Felipe Augusto França, de 30 anos. O homem estava desaparecido desde a madrugada de 7 de novembro, quando apanhou dos primos da sua namorada, Paloma Franco, na saída de uma balada. O local onde o corpo foi localizado fica a pouco menos de um quilômetro do local da surra.

Conforme o repórter William Bittar, da RIC Record TV, que esteve no local acompanhando o resgate do cadáver, ainda não é possível saber a causa da morte. O corpo estava parcialmente submerso e num local de difícil acesso. A Polícia teve muito trabalho para tirar o corpo do meio da vegetação que forra toda a extensão da água.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A polícia já tem inquérito aberto e está tomando depoimentos de diversas pessoas. Mas preferiu não se manifestar enquanto não se sabe exatamente a causa da morte. O caso está sob investigação da Delegacia de Piraquara.

Desaparecimento de Felipe
Felipe estava na balada com a namorada e os primos dela. Porém bebeu demais e, na saída, começou a dirigir perigosamente o carro de Paloma. Ela pediu para assumir o volante e ele não gostou. Alterado por consumo excessivo de bebidas alcóolicas, ele deu um tapa no rosto dela, depois de ter jogado objetos pessoais dela pela janela do veículo.

Os primos não gostaram de ver Paloma apanhando. Já fora do carro, eles deram uma surra no rapaz. Paloma tentou impedir, mas foi segurada. Ao fim, Felipe foi andando sozinho por uma rua – a mesma que termina nas cavas onde ele foi encontrado – e o restante seguiu de carro por outra rua. Desde então, Felipe estava desaparecido.

Portal Guaíra com informações da Ric Mais