Um homem foi preso suspeito de ter matado a ex-esposa na noite de quinta-feira (25), em Pinhão, na região central do Paraná. Segundo a Polícia Militar (PM), o homem foi preso em um hotel de Candói, na mesma região, após fugir da cidade em um táxi.

O suspeito, de 52 anos, havia se separado da mulher, de 45 anos, há dois anos. De acordo com a PM, o filho do casal, de 14 anos, relatou que o crime aconteceu após uma discussão.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ainda conforme a polícia, o adolescente relatou que tentou tirar o revólver das mãos do pai. A PM informou que o suspeito atirou contra o próprio filho, mas não conseguiu acertá-lo.

Na sequência, de acordo com a PM, o homem fugiu em um carro, no entanto abandonou o veículo em uma rua da cidade. Testemunhas disseram à PM que depois disso o suspeito embarcou em um táxi.

Durante as investigações, a polícia descobriu que o homem contratou a corrida até um hotel de Candói, a cerca de 60 km do local do crime. Ele foi preso nesse local com um revólver.

O suspeito foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Pinhão.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Guarapuava, na região central do Paraná.

Portal Guaíra com informações do G1