(Foto: Pixabay)

Um homem de 32 anos foi preso suspeito de esfaquear a esposa grávida para provocar o aborto da própria filha. O crime aconteceu em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, no dia 13 de dezembro de 2022. Ele foi preso na segunda-feira (23), em Itapoá, Santa Catarina.

De acordo com as investigações, a vítima estava no sétimo mês de gestação e os dois estavam se separando. O suspeito não aceitava o fim do relacionamento e os dois tiveram uma discussão.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Antes de realizar os golpes de faca, o autor do crime teria gritado que se a mulher e a filha não fossem dele, não seriam de mais ninguém, fazendo referência na tentativa da vítima de fugir das agressões que estaria sofrendo”, relata o delegado Paulo Renato.

A vítima conseguiu fugir com diversas perfurações da barriga e procurar ajuda. As três filhas da mulher presenciaram o crime.

Conforme o delegado, o homem fugiu em direção a outros estados com objetivo de escapar da prisão.

Portal Guaíra com informações da Ric Mais