ad

[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]m homem foi encontrado morto baleado, esfaqueado e degolado no sábado (29), na Estrada da Sapitanduva, área rural de Morretes, no litoral do Paraná. O corpo foi localizado por moradores da região por volta das 8h.

De acordo com a Polícia Civil de Morretes, o local é de difícil acesso e não comporta a passagem de automóveis. A viatura da equipe policial teve que ficar cerca de 400 metros de distância do ponto onde o corpo estava para fazer a remoção do cadáver, que foi levado para o Instituto Médico Legal de Paranaguá.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A suspeita é de que o homem possa se tratar do companheiro e acusado de ter matado Janaína Cristina de Oliveira de Melo, de 22 anos. A jovem estava grávida de sete meses e foi agredida até a morte na noite de quinta-feira (27). O homem morava com a mulher e, de acordo com relato de vizinhos, teria fugido em uma bicicleta após uma discussão.

Conforme informações da Delegacia de Polícia Civil de Paranaguá, que investiga o caso, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá como indigente e ainda não foi reconhecido por familiares. Portanto, a identidade do homem não está confirmada.

Portal Guaíra com informações do Massa News