ad

Um homem foi morto pela Polícia após render e ameaçar de morte a própria família no domingo (16) em Jaguariaíva, na região dos Campos Gerais.

De acordo com a PM, o suspeito de 36 anos fez a esposa e os três filhos reféns dentro de casa. Armado com uma faca, ele dizia que ia matar toda a família se o cunhado dele não comparecesse ao local. Ainda de acordo com a polícia, o homem disse ter sido agredido pelo irmão da esposa e exigia que a polícia levasse ele até a casa do cunhado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A equipe da polícia tentou negociar durante várias horas com o autor, mas ele se recusava a se render e liberar as vítimas. Até que ele tirou metade do corpo para fora da casa para expelir a fumaça do cigarro e foi atingido por um tiro disparo por um policial.

O Corpo de Bombeiros prestou os primeiros socorros ao homem ainda no local, mas ele não resistiu e morreu logo em seguida. Na cintura dele havia outras duas facas. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa. A esposa e os filhos saíram sem lesões físicas.

Portal Guaíra com informações de A Rede