Duas pessoas foram presas em uma ação da Polícia Civil de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais do Paraná, na quinta-feira (02), após a queda de um helicóptero em uma propriedade rural do município de Reserva. A investigação mirava uma associação criminosa que utiliza helicópteros para transportar drogas.

De acordo com a polícia, a quadrilha usava a propriedade rural na localidade de Botocudos como entreposto para reabastecer o helicóptero. A rota utilizada pelos criminosos não foi divulgada pela Polícia Civil.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os investigadores monitoravam a propriedade e avistaram o helicóptero pousando em um campo de futebol desativado para abastecer. No entanto, depois que a aeronave decolou, apresentou uma pane e, apesar da tentativa do piloto de retornar ao local, a queda foi inevitável.

O piloto, segundo a polícia, não se feriu. A droga foi descarregada da aeronave e, em seguida, com o objetivo de ocultar provas, os suspeitos atearam fogo no helicóptero e na pastagem em volta.

No local, os policiais apreenderam 93 quilos de cocaína que foram descarregados em uma mata próxima ao local da queda.

Dois homens envolvidos na logística de suporte ao abastecimento da aeronave foram presos. Dezenas de galões com combustível para aviação também foram apreendidos, além de dois veículos usados pela associação criminosa.

Portal Guaíra com informações da Catve