(Foto: Rodrigo Felix Leal/ANPr)
ad

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou na quinta-feira (21) a procuradores e promotores do Ministério Público do Paraná (MPPR) o planejamento do Estado para a próxima década, com projetos estruturantes, investimentos sociais e parcerias público-privadas, além de uma visão inovadora sobre o agronegócio.

Ratinho Junior destacou que é a primeira vez que representantes do Executivo e de controle de legalidade se reúnem no Palácio Iguaçu para discutir o futuro do Estado. Ele ressaltou ações adotadas em três meses e afirmou que o encontro é importante para estabelecer pautas prioritárias para a população. “Estamos à disposição para construir novas pautas para debater e melhorar o Paraná”, afirmou.

O governador também disse que o turismo terá prioridade no planejamento pelo potencial de desenvolvimento do Litoral e da geração de emprego e renda, e que o Paraná busca parcerias para modernizar a produção agrícola, melhorar a segurança pública e a vida dos cidadãos mais vulneráveis.

Os representantes do Ministério Público destacaram no encontro que receberam com entusiasmo as prioridades elencadas e a responsabilidade com compliance, combate à corrupção e implementação efetiva das políticas públicas. O procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, frisou que o MP percebe que o governo transmite vontade de transformar o Paraná.

“Esta aproximação com as instituições é importante para o Governo e para o Ministério Público. Contem com o nosso apoio, a nossa cooperação, até onde for possível. Nós temos a obrigação constitucional de zelar pela legalidade e transparência”, afirmou. “Queremos fazer o que é mais adequado ao Estado”.

O subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Administrativos, José Deliberador Neto, atribuiu o planejamento do Estado à equipe técnica das secretarias. “Percebo gente muito preparada. Falar em compliance, transparência, eficiência. Falar do agronegócio. É a primeira vez que escuto um governador falar que vai dar prioridade ao agronegócio. Falo como cidadão antes de membro do Ministério Público. O sucesso do Governo será o sucesso de todos nós”, ponderou.

Plano de Metas
O plano de metas do Paraná prevê um programa de investimentos públicos que soma R$ 40 bilhões em cinco anos. Com isso, o Governo do Estado projeta um crescimento anual da economia na faixa de 4% e a geração de 500 mil novos postos de trabalho até 2023.

Os instrumentos para realizar esses objetivos fazem parte do projeto de lei de Eficiência na Gestão do Estado (LEGE) que foi apresentado na segunda-feira (18) pelo governador para a bancada federal do Paraná. O anteprojeto, que estabelece as diretrizes e as ferramentas de gestão para um planejamento de longo prazo do Estado, também já foi apresentado aos deputados estaduais. O texto final será protocolado na Assembleia Legislativa na próxima semana.

Portal Guaíra com informações da AEN


CLINICA SALUTAR