Muita emoção dos familiares no velório coletivo em União da Vitória Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
Muita emoção dos familiares no velório coletivo em União da Vitória Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
Muita emoção dos familiares no velório coletivo em União da Vitória
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

O ginásio de esportes Benedito Albino, de União da Vitória, no Paraná, onde morava a maior parte das vítimas do acidente em Joinville, recebe o velório de sete passageiros do ônibus que caiu em uma ribanceira na SC-418 por volta das 17h30 de sábado (14).

Leia também:
SC 418 – Ônibus de turismo cai em ribanceira e mata mais de 40 no Norte de SC, diz PRE

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Até o início da noite, seriam 19 os corpos velados no local, porém algumas famílias decidiram providenciar outros espaços.

O ginásio foi cedido pela Prefeitura do município paranaense.

Até o final da tarde de domingo, o Governo de Santa Catarina havia confirmado 51 mortes, com oito sobreviventes.

A partir das 23h15, os caixões começaram a ser encaminhados para o ginásio, que fica no bairro São Cristóvão, em União da Vitória.

Na chegada, um cordão humano formado por equipes de Saúde e Assistência Social do município separou os carros funerários da população. O silêncio expressou a tristeza generalizada.

Outro velório coletivo está sendo organizado no município catarinense de Porto União, onde moravam parte das vítimas.

VELORIO-COLETIVO-EM-UNIAO-DA-VITORIA-2

Velório coletivo será realizado no Ginásio de Esportes Benedito Albino (Foto: Giovan Valiati/RPC)
Velório coletivo será realizado no Ginásio de Esportes Benedito Albino (Foto: Giovan Valiati/RPC)
Caminhão com sistema de conservação tranporta corpos para o Paraná (Foto: Gabriela Machado/Divulgação)
Caminhão com sistema de conservação tranporta corpos para o Paraná (Foto: Gabriela Machado/Divulgação)
Acidente de ônibus em Santa Catarina deixa ao menos 50 mortos/GNews (Foto: Reprodução GloboNews)
Acidente de ônibus em Santa Catarina deixa ao menos 50 mortos/GNews (Foto: Reprodução GloboNews)

Portal Guaíra com informações do Diário Catarinense