Imagem ilustrativa: Pixabay

Uma mulher, de 43 anos, acionou a Polícia Militar (PM), no fim da tarde desta sexta-feira (29) para relatar uma situação de maus-tratos a animais que terminou com a morte de um gato, no Jardim Renascer, em Paranavaí.

Para a polícia, a mulher contou que um homem, o qual ela não soube informar a idade, havia esfaqueado o gato dela e, por conta dos ferimentos, o animal morreu.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Além de matar o felino, indivíduo ainda teria arrancado o rabo do animal e andado pelo bairro com o gato morto. O acusado de torturar o animal fugiu antes da chegada da Polícia.

A Polícia Militar informou que repudia qualquer ato de crueldade ou violência contra animais e as equipes do 8° Batalhão vão prosseguir com as buscas para que o autor seja devidamente responsabilizado.

Crime
Manter animais em situações de maus-tratos é crime. Em setembro do ano passado foi sancionada a Lei Federal que torna mais rígida a punição para maus-tratos a animais. Com a nova legislação, este crime passa a ser punido com prisão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda.

Portal Guaíra com informações do Portal da Cidade Paranavaí