Um homem de 54 anos se relacionava com doze mulheres ao mesmo tempo em Curitiba e região metropolitana. A primeira namorada descobriu e encontrou todas as envolvidas para desmascarar o ‘namorado’.

As mulheres afirmaram que o homem mandava mensagens pelo Tinder, fazia promessas de casamento, mentia sua profissão e todo dia saía com uma namorada diferente. O homem mandava as mesmas mensagens e áudios para ‘conquistá-las’.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Você sabe que você é a alegria da minha vida, sabe o quanto eu te amo. Talvez eu não demonstre tanto quanto você, mas eu te amo”, dizia o homem.

Durante os encontros com as namoradas, o ‘garanhão’ levava as mulheres para o mesmo estabelecimento por quase doze meses. O local publica diariamente as fotos dos clientes nas redes sociais, e a primeira companheira viu fotos com outras namoradas, descobrindo as traições.

A mulher reuniu todas as namoradas para revelar a mentira do homem. “Começamos a comparar as conversas com ele e era sempre a mesma coisa”, explicou uma das envolvidas. O ‘galanteador’, ainda, praticou estelionato com uma das namoradas. “Ele não parava em emprego nenhum”, comentou a mulher.

Três boletins de ocorrência foram registrados neste período de relacionamento. Uma das mulheres relatou violência doméstica, ameaças e divulgação de fotos íntimas em redes sociais.

“Acho que ele tinha uma agenda muito bem feita para dar conta de tantas mulheres”, conta uma das namoradas.

O homem dizia que era auditor de planejamento formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e prometia casamento para, ao menos, sete mulheres.

Portal Guaíra com informações do Massa News