Uma família da Colônia Witmarsum, em Palmeira, nos Campos Gerais do Paraná, passou um susto enorme na noite de sexta-feira (3). O bebê de 20 dias se afogou com o leite da mãe, e o local mais próximo para pedir socorro era uma praça de pedágio.

A família estava em casa quando o pequeno Nicolas engasgou com o leite. Os pais desesperados e sem saber o que fazer para ajudá-lo, saíram para a estrada e pararam na praça de pedágio.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Câmeras de segurança registraram o momento em que a família estacionou o carro e começou a pedir ajuda. Uma funcionária do pedágio viu a cena, chamou uma ambulância da concessionária e foi até eles prestar os primeiros socorros.

“Eu sentia que ele não estava respirando direito, estava com a respiração bem fraquinha. E daí foi o momento em que eu deitei ele de bruços no meu colo e comecei a fazer o procedimento ali sabe. De repente ele soltou aquele arroto e já começou a chorar, e eu já comecei a chorar junto com ele. Foi aí que eu vi que eu realmente salvei uma vida”, disse Carla das Neves Aparecida de Castro.

A mãe do bebê, Andreissa Boaventura, disse por telefone à RPC que só tem a agradecer pela rapidez e bondade da funcionária.

“Paramos lá porque foi o primeiro lugar que vimos. Foi desesperador, se não fosse ela, não sei o que teria acontecido. Estou agradecida demais”, disse a mãe .

Apesar de todo o susto, Nicolas está bem e com a família.

Portal Guaíra com informações do G1