ad

Jaciara Kogler de Lima de 28 anos, foi encontrada morta na noite de sábado (18), no banheiro de uma residência na Rua da Multiplicação, no Jardim Bom Pastor em Sarandi.

O corpo da mulher apresentava 25 perfurações causadas por faca. A filha de seis anos, foi quem encontrou o corpo da própria mãe. Jaciara trabalhava como operadora de caixa de supermercado em Maringá, e as duas filhas de três e seis anos, ficavam aos cuidados de uma babá.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No horário combinado de levar as filhas até a casa dos pais, Jaciara não atendia os chamados. A criança então abriu o portão e adentrou a residência e segundos depois retornou gritando, falando que a mãe estava caída no banheiro toda ensanguentada.

A babá também viu a mulher nesta situação e acionou o socorro. Porém quando as equipes do Samu e Siate chegaram no imóvel, nada pode ser feito, há não ser constatar o óbito da jovem que morava na casa com o esposo e as filhas do casal.

No momento do crime o marido da vítima estava trabalhando. Pelo que foi apurado no local, devido o estado de rigidez que encontrava-se o corpo, as equipes de socorro e uma perita da Polícia Científica, acreditam que já fazia entorno de 4 ou 6 horas que a mulher estava naquela situação (assassinada).

O quarto do casal estava todo revirado. O local foi isolado pela polícia militar e guarda municipal. O delegado Adriano Garcia, na companhia de investigadores, estiveram na residência e já começaram a realizar todo o trabalho investigativo.

A polícia tenta descobrir o quanto antes, a autoria deste crime brutal e a motivação. Até o momento nenhuma linha de investigação é descartada pela polícia. Pessoas próximas a vítima já foram ouvidas na delegacia de policia civil, inclusive o esposo da mulher. Familiares e amigos clamam por justiça.

Portal Guaíra com informações do Plantão Maringá