ad

A Usina Hidrelétrica de Itaipu, entre o Brasil e o Paraguai, está com o vertedouro aberto desde a noite de sexta-feira (16), por causa da grande quantidade de chuva que cai na região sul do país e faz subir o nível do reservatório da unidade.

Desde julho, quando o Paraná registrou uma das maiores cheias da história, a usina não vertia. O vertimento, desta vez, começou com vazão de 1.342 metros cúbicos de água por segundo, por volta das 22h.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Por uma das calhas (são três, no total), já passam, na manhã deste sábado (17), 2.642 metros cúbicos de água por segundo – o equivalente ao dobro da vazão das Cataratas do Iguaçu.

A Itaipu deve continuar vertendo por pelo menos mais três dias. O vertimento ocorre em função de cheias nos rios Ivaí, Piquiri e Tibagi, na bacia incremental, que também alimentam o reservatório do lago de Itaipu. A causa é o fenômeno meteorológico El Niño.

VERTEDOURO-ITAIPU-BINACIONAL-4

VERTEDOURO-ITAIPU-BINACIONAL-3

VERTEDOURO-ITAIPU-BINACIONAL

Portal Guaíra com informações do G1