Michelle foi espancada pelo namorado durante churrasco (Foto: Reprodução/ RPC TV)

ad

O final de semana no Paraná está sendo de notícias chocantes com relação a episódios de violência contra a mulher.

O primeiro caso foi registrado em Paiçandu, no norte do Paraná, na madrugada de sábado (07 de setembro). Michelle Britto, de 32 anos, foi espancada pelo namorado durante um churrasco, sendo vítima de socos e pontapés. As agressões foram tão graves que a mulher precisou ser internada em estado grave e respira com a ajuda de aparelhos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O casal teria retomado o relacionamento há cinco dias, apesar de o namorado já ter sido violento com a vítima em outras ocasiões, segundo relataram familiares. Participantes do churrasco ainda teriam tentado conter o agressor, que teria iniciado o ataque por ciúmes.

Após quase matar a namorada (que ainda corre risco de morte e está internada no Hospital Metropolitano de Sarandi), o suspeito fugiu do local do crime. Ele responderá na Justiça, ao menos por enquanto, por tentativa de feminicídio.

Já o outro episódio ocorreu em Cascavel, no oeste paranaense, também na madrugada de sábado. Um homem de 70 anos acertou uma facada na barriga da mulher, que tem 56 anos, e depois ainda tentou estuprá-la. Ele acabou preso.

O idoso, segundo relato da vítima, teria chegado bêbado em casa e tentou forçar a mulher a manter relações sexuais. Ela, porém, recusou e o idoso reagiu pegando duas facas de cozinha para atingir a barriga da vítima, que teve apenas ferimentos leves, felizmente.

Os dois netos pequenos da mulher estavam em casa e choraram muito com a violência do avô. A sorte foi que a filha deles, que está grávida de oito mses, chegou em casa durante a briga e conseguiu ajudar a mãe e acionar a PM.

O suspeito deve responder, pelo menos, pelos crimes de lesão corporal, violência doméstica e tentativa de estupro.

Portal Guaíra com informações do Bem Paraná