ad

[dropcap color=”#dd3333″]C[/dropcap]erca de dois quilos de maconha e 18 celulares foram apreendidos pela Polícia Civil de Cambé, na segunda-feira (19). Os objetos e a droga estavam sendo passados para dentro da carceragem quando foram interceptados. O mais surpreendente foi a forma escolhida para colocar as substâncias na cadeia sem levantar suspeitas: no forro de uma geladeira.

A geladeira foi solicitada após os 187 detentos da carceragem reclamarem do calor e pedirem o eletrodoméstico para conservar água gelada e alguns alimentos. No entanto, quando a geladeira chegou, os policiais desconfiaram e chamaram a equipe canil da Guarda Municipal de Londrina, que prestou apoio na situação.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com a ajuda de Athena, cachorra treinada da corporação, foi possível detectar que a droga havia sido escondida no forro lateral do eletrodoméstico. Ao abrir a geladeira, foram encontrados vários tabletes de maconha e celulares.

Em seguida, a polícia se deslocou até a casa de onde a geladeira foi trazida, no bairro Jardim Santo Amaro, e localizou um adolescente de 17 anos, que assumiu a autoria pela preparação da geladeira. A mãe do adolescente também estava na residência no momento da abordagem, e foi encaminhada para a delegacia. O adolescente foi apreendido por tráfico de drogas.

Portal Guaíra com informações do Massa News