Assembléia Legislativa do Paraná - ALEP

A crise vivida pelo Estado e que levou o governador Beto Richa, a vice Cida Borghetti e os novos secretários a abrirem mão dos salários de janeiro, não terá reflexo na Assembleia Legislativa do Paraná.

Prova disso é que os deputados que tomarão posse no domingo (1) receberão um ganho mensal de R$ 25.322,25. O valor é 26,3% maior que o do salário da legislatura anterior, encerrada no sábado(31).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O ato fixando o novo valor foi publicado no Diário Oficial da Assembleia do dia 27 de dezembro e o reajuste é o mesmo aprovado pelo Congresso Nacional e que elevou os salários de deputados federais, senadores e ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) para R$ 33,7 mil.

Como o aumento representa cerca de R$ 5,3 mil a mais por mês para cada parlamentar, o impacto na folha da Assembleia Legislativa do Paraná será de R$ 285 mil mensais.

Pela Constituição, deputados estaduais podem receber, no máximo, 75% da remuneração de um parlamentar da esfera federal. Uma lei estadual, porém, suprimiu esse limite e fixou a remuneração na Alep no teto.

Vale ressaltar que, além do subsídio, os deputados estaduais também têm direito a R$ 31,5 mil mensais para despesas como alimentação e correio, entre outras, e R$ 78,5 mil mensais para contratar até 23 comissionados, ou seja, cada Deputado Estadual representa um gasto de R$ 135,2 mil.

Assembléia Legislativa do Paraná - ALEP
Assembléia Legislativa do Paraná – ALEP

Portal Guaíra com informações do O Paraná