Técnicos do Instituto Água e Terra foram acionados na sexta-feira (15) para levantar os danos ambientais causados por vazamento de combustível, na região de São José dos Pinhais.

A suspeita é que houve uma tentativa de roubo de combustível, por isso a perfuração na tubulação da Petrobrás que transporta a substância até a sede da instituição em Araucária.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Essa perfuração causou vazamento significativo e atingiu um córrego afluente do Rio Despique, na qual serve de captação de água, por parte da Sanepar, para abastecimento da cidade de Fazendo Rio Grande.

Os técnicos ainda estão avaliando a dimensão dos danos, a mortandade de peixes e até de aves, bem como a quantidade vazada e se de fato a substância é gasolina.

Será realizada coleta de água para analisar o grau de contaminação e ajudar nas medidas de recuperação das áreas atingidas.

Ainda não foram identificados os suspeitos. O órgão está agindo para que os danos sejam amenizados e tomando as medidas cabíveis junto à Petrobrás.

Portal Guaíra com informações da Catve