Foto: Pexels
ad

[dropcap color=”#eeee22″]O [/dropcap]Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) divulgou na quinta-feira (17) os números de mortes em confrontos com policiais no Paraná no ano passado. No segundo semestre de 2018, houve 148 mortes, o que representa um aumento de 13% em relação ao mesmo período do ano anterior, que teve 131 casos. Durante todo o ano de 2018, foram 327 mortes, 52 a mais que em 2017 – um aumento de 18,9%.

No segundo semestre do ano passado, foram 141 mortes em confronto com policiais militares e sete em confrontos com policiais civis. Não houve mortes em enfrentamentos com as Guardas Municipais. No ano todo, houve 312 mortes em confrontos com policiais militares, 12 em confrontos com policiais civis e três com guardas municipais.

Os maiores índices foram registrados em Curitiba (73), Londrina (22) e São José dos Pinhais (21). Entre os municípios com populações entre 100 e 150 mil habitantes, Cambé registrou sete mortes em confrontos com policiais, Guarapuava cinco, Toledo e Umuarama três e Apucarana uma.

Portal Guaíra com informações do OBemdito


CLINICA SALUTAR