(Foto: RIC Mais)

Um homem de 42 anos foi colocado para fora de um sex shop de Curitiba à base de socos e “pintadas”. Ele teria ido ao local, no Centro de Curitiba, reclamar de um produto com defeito quando houve briga. O homem teve ferimentos moderados com a surra e foi levado ao hospital.

A história não ficou por completo esclarecida no momento da ocorrência. Mas, conforme informações iniciais do cabo Hostis, do 12.º Batalhão da PM, o homem teria entrado no local para reclamar de um produto que comprou e estaria com defeito. Como já era cliente da loja, enquanto reclamava, teria escolhido outro produto para comprar, um pinto de borracha.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Mas na hora de pagar, seu cartão teria sido recusado pela máquina. O cliente, que estaria bêbado, começou a ficar nervoso e começou a quebrar a loja. Teria até mesmo agredido a funcionária, que estava sozinha, ficou com medo e começou a gritar por socorro na rua.

Segundo o tenente, pessoas que estariam próximas foram acudir a mulher e botaram o cliente para fora da loja com socos e “pintadas”. O pênis de borracha ficou caído na calçada ao lado do homem, que acabou socorrido pelo Siate com ferimentos moderados e levado ao Hospital Cajuru.

Os agressores sumiram e não foram localizados pela PM e a loja fechou.

Portal Guaíra com informações da RIC Mais