Um celular explodiu em uma loja de Londrina, no norte do Paraná. Nenhum funcionário se feriu.

A loja já estava fechada para o público, portanto, não havia clientes dentro do estabelecimento quando o incidente aconteceu.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As imagens da explosão, que ocorreu na segunda-feira (3), foram divulgadas nesta quinta-feira (6).

O dono da loja, Nelson Andrade Nogueira, acredita que uma bateria com defeito causou a explosão.

“Essa bateria estava inchada, e quando a gente colocou para aquecer, em três minutinhos explodiu. Ninguém ficou ferido. Só deu uma ‘chapiscada’ no cabelo. Mas, graças a Deus, ninguém se feriu”, afirmou o empresário.

No momento do ocorrido, técnicos faziam a manutenção em alguns celulares. O aparelho que explodiu não estava sendo manuseado pelos profissionais.

De acordo com o dono da loja, que também é técnico em eletrônica, essa situação pode acontecer no dia a dia – quando tem um celular com a bateria inchada e o aparelho é deixado perto de um lugar quente, como o painel do carro exposto ao sol ou ao manusear o celular enquanto ele está carregando.

Portal Guaíra com informações do G1