(Foto: Notí-cia)

ad

Um casal foi preso, na noite de domingo (20), suspeito de explorar sexualmente 14 adolescentes, em Faxinal. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas eram atraídas com a promessa de um emprego no hotel dos suspeitos.

O delegado da cidade, Ricardo Mendes, afirmou que uma das vítimas procurou o Conselho Tutelar da cidade na sexta-feira (17) e denunciou a tentativa de abuso. A jovem contou que trabalhava como camareira e babá no hotel, quando foi convidada para ir ao quarto do casal.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com Mendes, ao entrar no cômodo, a adolescente afirmou que os dois tentaram manter relações sexual com ela, mas como negou, a jovem foi trancada no local. “Com a negativa da jovem, a mulher trancou a porta e manteve relações sexuais com o marido na frente da funcionária. A jovem chorava e pedia por ajuda. Ela conseguiu pegar a chave do quarto, que havia caído no chão, abriu a porta, saiu correndo e depois procurou o conselho tutelar”, explicou o delegado.

Após a primeira denúncia, a Polícia Civil, em conjunto com o Conselho Tutelar, começou a identificar as vítimas. A todo, 14 meninas já foram ouvidas e confessaram os abusos. Entre as adolescentes está uma jovem de 13 anos, que confessou ter perdido a virgindade com o acusado.

De acordo com a investigação, as adolescentes eram chantageadas pelo casal para não contar nada para a polícia. O delegado afirmou que algumas recebiam dinheiro e outras recebiam ameaças de morte.

Nesta segunda-feira (20), mais vítimas serão ouvidas na delegacia. No hotel, os computadores, celulares e CD’s também foram apreendidos.

Portal Guaíra com informações do Noti-cia