Imagens aéreas dos caminhões paradas na rodovia em Toledo (foto: Diedi Waldow/Rádio Difusora do Paraná)

ad
Imagens aéreas dos caminhões paradas na rodovia em Toledo (foto: Diedi Waldow/Rádio Difusora do Paraná)
Imagens aéreas dos caminhões paradas na rodovia em Toledo (foto: Diedi Waldow/Rádio Difusora do Paraná)

O trânsito nas principais estradas do Paraná continua complicado na manhã desta quarta-feira (25) no Paraná por causa dos protestos de caminhoneiros.

Com os veículos parados nas estradas, os protestos começam a refletir em vários setores da economia do estado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Nos postos de combustíveis no sudoeste e no norte, por exemplo, quase não há gasolina. E os que ainda têm alguma quantidade no reservatório cobram preços muito acima do normal. Ontem (24), os motoristas tiveram que enfrentar filas para abastecer em Marechal Rondon.

Até as 9h, vinte trechos estavam bloqueados em rodovias federais e 26 pontos em estradas estaduais. A maior parte dos trechos dão acesso a cidades grandes do interior do estado. Os protestos ocorrem no Paraná desde o dia 13 de fevereiro. Também há manifestações em mais de 10 estados brasileiros.

Os caminhoneiros protestam, entre outros motivos, contra o aumento no preço do litro do óleo diesel. Os trabalhadores também reclamam dos tributos sobre o transporte, como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), e do alto preço do pedágio no Paraná. Eles pedem ainda melhorias nas estradas e a criação de uma tabela com preços fixos a serem cobrados pelo frete por quilômetro rodado, não mais por viagem.

Confira as rodovias federais interditadas até a manhã desta quarta:

BR-158, km 204, Peabiru

BR-163, km 284, Marechal Cândido Rondon

BR-163, km 32, Santo Antonio do Sudoeste

BR-272, km 364, Campo Mourão

BR-277, km 238,8, Irati

BR-277, km 338, Guarapuava

BR-277, km 452, Laranjeiras

BR-277, km 518, Guaraniaçu

BR-277, km 667, em Medianeira

BR-277, km 720, Foz do Iguaçu

BR-369, km 158, Londrina

BR-369, km 178, Arapongas

BR-369, km 397, Mamborê

BR-369, km 83, Cornélio Procópio

BR-373, km 478, Coronel Vivida

BR-376, km 137, Nova Esperança

BR-376, km 187, Marialva

BR-376, km 245, Apucarana

BR-376, km 295, Mauá da Serra

BR-467, km 76, Toledo

As estaduais:

PR-151, km 288, Piraí do Sul

PRC-158, no km 528, em Vitorino

PR-160, km 053, Cornélio Procópio

PR-170, no km 381, em Guarapuava

PR-180, no km 541, em Francisco Beltrão

PR-180, km 471, Francisco Beltrão

PR-182, no km 459, em Realeza

PRC-280, no km 130, em Palmas

PRC-280, no km 175, em Clevelândia

PRC-280, no km 194, em Mariópolis

PRC-280, no km 255, em Marmeleiro

PR-281, no km 254, em Astorga

PR-281, no km 255, em Chopinzinho

PR-281, no km 467, em Chopinzinho

PR-281, no km 535 e 540, em Dois Vizinhos

PR-281, km 494, Chopinzinho

PR-323, no km 36, em Sertanópolis

PR-420, no km 42, em Piên

PR-466, no km 91 e 100, em Jardim Alegre

PRC-466, no km 179 e 180, em Pitanga

PR-471, no km 222, em Nova Prata do Iguaçu

PR-483, no km 001, em Francisco Beltrão

PRC-487, no km 295, em Manoel Ribas

PR-491, no km 00 (trevo), em Marechal Rondon

PR-562, no km 85, em São João

PR-566, no km 12, em Itapejara d’Oeste 

toledo-paralizacao-dos-caminhoneiros-5

toledo-paralizacao-dos-caminhoneiros-6

Fonte: G1
Fotos: Diedi Waldow/Rádio Difusora do Paraná