A Sanepar alerta que a redução no consumo de água pela população é essencial neste momento. A empresa lembra que os  primeiros dias de outubro repetem o cenário do mês passado: temperaturas elevadas e poucas chuvas. Setembro registrou um déficit de 70% nas precipitações reforçando a estiagem severa que afeta o Paraná, principalmente na Região Metropolitana de Curitiba.

Nesta quinta-feira (01), a temperatura máxima na capital chegou a 34 graus, muito elevada para esta época do ano. A previsão para esta sexta-feira é também de calor excessivo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Esse cenário mantém os mananciais com níveis críticos para o abastecimento.  As barragens do Sistema de Abastecimento Integrado estão com reservação pouco abaixo de 30%. A Sanepar alerta que se os níveis chegarem a 25% será necessário adotar um rodízio mais severo.

“A redução no consumo é essencial neste momento. Temos que atingir a meta de 20% de economia de água em todas as nossas atividades”, afirma o diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Julio Gonchorosky.

Portal Guaíra com informações da AEN