O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da Polícia Militar do Paraná emitiu 449 mil autos de infração de trânsito em 2022, uma média de 1.230 autuações por dia nos mais de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais do Paraná.

A maioria das autuações foram referentes ao excesso de velocidade, com mais de 347 mil notificações. Entre as outras infrações de trânsito que mais levaram à emissão dos autos estão ultrapassagem em local proibido, ausência de cinto de segurança, irregularidades nos veículos, uso do celular, entre outras. Todas elas colocam em risco a coletividade.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os autos registrados são encaminhados aos órgãos de trânsito competentes e todos resultam na aplicação de multas aos condutores responsáveis. Nas rodovias estaduais, a multa é aplicada pelo DER/PR e, nas vias urbanas, pelo Detran-PR.

“As ações do BPRv são voltadas para garantir a segurança de todos os usuários das rodovias e possibilitar a identificação e responsabilização daqueles motoristas que, porventura, tenham cometido infrações”, ressaltou o subcomandante do BPRv, major Gustavo Zancan.

O batalhão também atuou no combate à embriaguez ao volante. Para isso, realizou 24.592 testes com etilômetro, que resultaram em 250 prisões por embriaguez ao volante e recolhimento de veículos. Também foram notificados 649 condutores, cujos exames apresentaram quantidades de álcool menores do que o limite estabelecido por lei para prisão. Eles foram autuados e liberados.

Ao longo do ano, o BPRv também atendeu 4.710 acidentes de trânsito, além de apreender 20 toneladas de drogas e 361 mil pacotes de mercadorias contrabandeadas.

“Nossos policiais são preparados para identificar qualquer situação suspeita que esteja acontecendo nas estradas e, com a ajuda de outras forças e até a utilização de cães farejadores, conseguimos tirar de circulação drogas e produtos que entram no nosso Estado sem autorização dos órgãos competentes”, explicou o major.

Portal Guaíra com informações da AEN