A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 3,5 toneladas de drogas no primeiro trimestre de 2019 em rodovias federais do Paraná. O balanço com o número de apreensões foi divulgado na quinta-feira (11).

A quantia apreendida representa uma queda de 78% em comparação com o primeiro trimestre de 2018, quando 16,2 toneladas de drogas foram apreendidas, conforme o balanço.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A PRF justifica parte da queda na apreensão de drogas por conta de uma ocorrência em janeiro de 2018, quando sete toneladas de maconha foram apreendidas de uma só vez em Guaíra, no oeste do Paraná.

O levantamento mostra que, enquanto no primeiro trimestre de 2018 foram apreendidas 15,9 toneladas de maconha, no primeiro trimestre deste ano, foram apreendidas 3,3 toneladas da droga.

A PRF informou que a quantia de cocaína apreendida nas rodovias subiu de 92,9 quilos para 127,5 quilos, no mesmo período.

Ainda de acordo com o balanço, a PRF apreendeu 149,4 quilos de crack no primeiro trimestre de 2019. No mesmo período de 2018, 241,1 quilos da droga foram apreendidos.

Segundo a polícia, 60 pessoas foram presas nos três primeiros meses de 2019 por tráfico de drogas em rodovias federais no Paraná.

Apreensões de drogas em rodovias do Paraná em 2019

Maconha: 3,3 toneladas
Cocaína: 127,5 quilos
Crack: 149,4 quilos

Cigarros e armas
Enquanto as apreensões de drogas diminuíram, as apreensões de cigarros contrabandeados do Paraguai cresceram 51,8% na comparação com 2018. Foram 2 milhões de carteiras de cigarros apreendidas a mais no primeiro trimestre de 2019.

Ao todo, conforme o balanço, a PRF apreendeu 5,9 milhões de carteiras de cigarro no primeiro trimestre deste ano. No mesmo período de 2018, as apreensões somaram 3,9 milhões de carteiras. Segundo a PRF, 79 pessoas foram presas por contrabando.

Durante as operações, a PRF também aprendeu 65 armas de fogo em rodovias federais do estado. O número representa uma alta de 4% em comparação com 2018. Por outro lado, houve queda de 28% na apreensão de munição.

Nos primeiros três meses de 2019, 5,9 mil projéteis foram apreendidos. Segundo a PRF, boa parte são de calibres para fuzil.

Portal Guaíra com informações da PRF