Um advogado de 32 anos foi preso após ser flagrado entregando um aparelho celular para um preso, na Cadeia Pública de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

A ação foi percebida, na quarta-feira (31), por um agente penitenciário que atua na unidade.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O advogado recebeu voz de prisão do delegado responsável pela Cadeia Pública. Representantes da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil – foram chamados para acompanhar os procedimentos policiais de flagrante.

Ao saberem que buscas seriam realizadas, os presos “dispensaram” o aparelho celular, já danificado, que foi encontrado pelos agentes do plantão.

O caso segue sendo investigado.

Portal Guaíra via Assessoria