Duas mortes foram registradas na noite de quarta-feira (24) em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com a Polícia Militar do Paraná (PMPR), os óbitos possuem relação e, a princípio, um é tratado como homicídio e o outro foi resultado de um confronto com policiais.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No início da noite de quarta, dois rapazes que estavam em uma quadra de futebol no bairro Águas Claras foram surpreendidos por atiradores.

Segundo testemunhas, um veículo Renault Clio passou pelo local e os ocupantes atiraram diversas vezes contra as vítimas.

Um rapaz de 16 anos não resistiu aos ferimentos e o amigo, de 22, foi socorrido em estado grave.

Ainda de acordo com os moradores, o local é frequentado por usuários de drogas. O jovem que foi encaminhado ao hospital já conta com passagens pela polícia.

Polícia encontra suspeitos

Após o atendimento da ocorrência no bairro Águas Claras, os policiais coletaram informações com testemunhas e iniciaram buscas pelos suspeitos. Próximo ao local, no Jardim Meliane, uma equipe da PMPR encontrou um carro com as mesmas características repassadas pelos moradores.

Os agentes tentaram uma abordagem, mas os ocupantes iniciaram uma fuga a pé, houve confronto e um dos indivíduos não resistiu.

“Os indivíduos começaram a pular nas residências. As equipes se dividiram em células e acabaram se encontrando com esse indivíduo que realizou os disparos contra a equipe e, infelizmente, a equipe revidou os disparos e acabou neutralizando o indivíduo”, contou o capitão Seniski.

A identificação dos dois rapazes que morreram não foi divulgada. Segundo a PM, a principal suspeita é que o crime tenha sido motivado por uma disputa entre facções.

Portal Guaíra com informações da RIC Mais