A polícia civil de Maringá apura as circunstâncias em que ocorreu a morte de uma adolescente de 17 anos, durante a madrugada de domingo (23). Anna Júlia Szielasko morreu ao ser atropelada por uma locomotiva. O trágico acidente ocorreu entre os bairros Vila Nova e Jardim Internorte nas proximidades do IML. Ao ser atingida pelo trem, a adolescente que residia no Parque Alvamar em Sarandi, teve morte instantânea.

O socorro chegou a ser acionado, mas apenas constatou a morte da moça. A vítima estava na companhia de um amigo, também adolescente. O garoto disse aos policiais militares e civis, que compareceram no local do ocorrido, que os dois haviam participado de uma festa carnavalesca que acontecia no Parque de Exposições.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ao saírem da festa, o casal de amigos que estava tomando vodka, segundo o adolescente, eles decidiram ir até uma plantação de girassóis que tem nas proximidades do atropelamento. Minutos depois retornavam da plantação quando decidiram sentar sobre a linha férrea. De repente surgiu a locomotiva que seguia no sentido Maringá-Sarandi. Ao avistar os adolescentes, o maquinista da composição férrea acionou a buzina, mas infelizmente a moça não saiu e o atropelamento foi inevitável.

O rapaz que estava com a vítima, disse que insistiu para a amiga se levantar e sair da linha férrea, já que a locomotiva estava se aproximando deles. Já o maquinista teria relatado que os adolescentes estavam em pé sobre a linha férrea, aparentemente discutindo.

Ele e o amigo da vítima foram conduzidos até a delegacia de Polícia Civil para prestarem esclarecimentos e na sequência foram liberados. O corpo da moça foi removido e encaminhado ao IML.

Portal Guaíra com informações do Plantão Maringá