(Foto: Ilustração/ Google Street View)

Uma adolescente, de 14 anos, morreu ao ser esfaqueada pelo próprio avô, de 62 anos, ao tentar defender a mãe. A mulher, de 31 anos, estava sendo agredida com socos e chutes em uma discussão motivada pelo sumiço de um celular. A adolescente foi tentar intervir na briga e foi atingida por uma facada na virilha, desferida pelo homem. A situação aconteceu em uma casa na Rua Bituruna, no bairro Uvaranas, em Ponta Grossa, por volta das 20h30 deste sábado (1º).

De acordo com a Polícia Militar, o homem relatou durante a abordagem que estava brigando e agredindo a filha, de 31 anos, e a neta, de 14 anos, tentou proteger a mãe, mas acabou esfaqueada. Ao ver a adolescente ferida, a mulher ainda teria pego um facão e esfaqueado uma outra adolescente, de 16 anos, acusada de ser o “pivô” da discussão. A vítima teve ferimentos na cabeça e na mão, sem risco de morte.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A menina de 14 anos foi socorrida e encaminhada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

A mãe da adolescente e o avô foram presos e encaminhados para a delegacia de Ponta Grossa. As armas usadas para esfaquear as duas jovens, uma faca de aproximadamente 15 cm de lâmina e um facão, foram apreendidas.

Portal Guaíra com informações da Ric Mais