(IMAGEM ILUSTRATIVA)

A Polícia Civil, através do Núcleo de Proteção a Criança e Adolescente de Ponta Grossa – NUCRIA, deu cumprimento a mais um mandado de prisão pela prática do crime de estupro de vulnerável.

A delegada Ana Paula Cunha Carvalho, relata que no final do mês de agosto a vítima de 13 anos acompanhada de sua genitora, compareceram ao NUCRIA para denunciar o pai, 38 anos, da menina que estaria, desde o início de 2019 abusando sexualmente da própria filha.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“A mãe saía para trabalhar durante o dia e o pai, aproveitando do momento sozinho com a filha praticava a violência”, destaca a delegada.

Durante as investigações foram apresentadas conversas via aplicativo whatsapp as quais a vítima relatava, com detalhes, o abuso sofrido, dizendo inclusive que não aguentava mais a situação e que queria acabar com a própria vida.

Diante de tais evidências e declarações colhidas na investigação, a delegada Ana Paula representou pela prisão preventiva do acusado a qual foi realizada na cidade de Curitiba.

O acusado após prestar interrogatório foi conduzido ao presídio Hildebrando de Souza, onde encontra-se a disposição da Justiça.

Portal Guaíra via Assessoria