Um turista de nacionalidade brasileiro foi morto no início da manhã de sábado (18), em Ciudad del Este, no Paraguai, durante uma tentativa de assalto protagonizada por um indivíduo a bordo de uma motocicleta.

De acordo com as informações iniciais sobre o caso, o gaúcho Ildo José Ehrig, procedente de Cândido Godói (RS), estava na área central da cidade que faz fronteira com Foz do Iguaçu, quando foi abordado pelo assaltante.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O crime ocorreu pouco antes do raiar do dia, na Avenida Luís María Argaña, a poucos metros da cabeceira paraguaia da Ponte da Amizade e em local de grande patrulhamento.

CRIME_180513

Ildo José Ehrig estava acompanhado de outras quatro pessoas e resistiu à tentativa de assalto. O homem a bordo da motocicleta atirou contra o brasileiro, que recebeu impactos na altura da cabeça e do peito. O corpo, já sem vida, foi levado ao Hospital Regional de Ciudad del Este para exames e liberação. Policiais de elite da Policia Nacional Paraguaia realizaram uma serie de abordagens porem até o presente momento ninguém foi preso.

Trata-se do segundo caso recente de turistas gaúchos mortos durante tentativas de assalto na fronteira entre Brasil e Paraguai.

Em janeiro de 2013, também em um sábado (dia de maior movimentação no comércio fronteiriço),a gaúcha Noiara Elisabete Bonatto de Souza, de 26 anos, procedente de Passo Fundo, foi morta no momento em que trafegava a pé pela Ponte da Amizade em direção ao Paraguai.

Ela chegou a ser socorrida e encaminhada a um hospital de Foz do Iguaçu, falecendo horas mais tarde. Na ocasião, autoridades policiais dos dois países comprometeram-se a reforçar a segurança nas imediações da fronteira.

Fonte: Tribuna Popular
Arte: CBN/Foz