ad

Quem foi até a cidade de Salto del Guairá, no Paraguai, nessa terça-feira (2), encontrou as lojas com as portas fechadas. O clima parecia de feriado. Ruas e estacionamentos estavam vazios.

A paralisação é contra a redução da cota de compras de US$ 300 para US$ 150 dólares, anunciado pelo governo brasileiro, para entrar em vigor no início do mês de julho, e também para reclamar à Itaipu Binacional uma justa indenização pela inundação das 7 Quedas, há 33 anos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em um evento promovido pela Comissão Multissetorial, com mais de 1000 pessoas na Plaza de las Madres (Praça das Mães), os saltoguairenhos denunciaram o abandono da Itaipu Binacional, sendo ela a “mãe” da hidrelétrica. Desde 2009, que o municipio de Salto del Guairá realiza manifestação nesta data, 02 de junho. Dia de reivindicação, afim de receber uma compensação justa.

Os diretores da Comissão Multissetorial, encabeçada pelo empresário Tito Rojas, anunciaram o inicio de uma luta frontal e decisiva contra as autoridades da binacional para exigir investimentos de grandes proporções, afim de que a cidade recupere, em parte, sua atração turística, perdida com o “afogamento” dos saltos das 7 Quedas.

Um dos pedidos que será exigido da Itaipu, é a construção do Museu da Água, um projeto turístico de primeiro mundo, elaborado pela própria Estatal para a cidade de Salto del Guairá, mas que não saiu do papel. Além disso, se reivindica a construção de uma praia artificial no lago de Itaipu, um investimento na casa de 5 milhões de dólares.

“Nestes 33 anos a Itaipu nos deixou sem a nosso ‘Saltos’, as autoridades nunca se preocuparam em nos ressarcir pela norme perda. Enquanto a cidade de Encarnacion, que perdeu apenas terras, foi transformada no principal centro turístico do Paraguai, para Yacyretá. É uma grande injustiça com nós, moradores de Salto del Guairá, e isso deve mudar “, finalizou Tito Rojas.

Hoje, quarta-feira (3), o comercio volta a atender normalmente.

PARAGUAI-SALTO-COBRA-INDENIZAO-DA-ITAIPU-PELA-PERDA-DAS-7-QUEDAS

PARAGUAI-SALTO-COBRA-INDENIZAO-DA-ITAIPU-PELA-PERDA-DAS-7-QUEDAS-2

Ramon Alberto Rojas "Tito", Presidente da Associação Comercial de Salto (foto: reprodução RPC/TV)
Ramon Alberto Rojas “Tito”, Presidente da Associação Comercial de Salto (foto: reprodução RPC/TV)

PARAGUAI-SALTO-COBRA-INDENIZAO-DA-ITAIPU-PELA-PERDA-DAS-7-QUEDAS-5

PARAGUAI-SALTO-COBRA-INDENIZAO-DA-ITAIPU-PELA-PERDA-DAS-7-QUEDAS-7

Portal Guaíra com informações do Jornal ABC Color/RPCTV
Tradução: Portal Guaíra