ad

Pelo menos seis pessoas ficaram feridas, na manhã desta terça-feira (17), com a queda do palanque utilizado para discursos durante protesto em Ciudad del Este, no Paraguai.

A manifestação foi convocada para reivindicar a manutenção da cota de isenção de impostos para compras na fronteira que hoje é de US$ 300 ou sua ampliação para US$ 500. O governo brasileiro pretende, a partir de julho, reduzir o valor para US$ 150.

Leia Também:
Paraguai – Salto del Guairá se mobiliza contra redução da cota à turistas brasileiros

Empresários e trabalhadores do comércio local (que não abriram as portas nesta terça), participaram do protesto. A concentração oficial ocorreu na rotatória da Ruta Internacional VII com a Avenida Carlos Antonio López, próximo à loja Monalisa, onde foi montado um palanque.

Por volta das 10h30, a estrutura do palanque não suportou o peso dos presentes e desabou, com o registro de pelo menos cinco pessoas feridas, uma delas, o deputado Andrés Retamozo, do Partido Colorado.

Registraram ferimentos como fraturas e luxações Calixto Eduardo Bernal Amarilla, Emanuel Friedman Sosa e Amado de Jesús Quiñónez. O vice-presidente da Câmara de Comércio de Ciudad del Este, Said Mohamed Saiyen, foi trasladado a um hospital de Foz do Iguaçu após perda de consciência.

Relatos publicados pela imprensa paraguaia dão conta de que, apesar de ser um ato público com a participação da prefeitura e do governo local, não havia ambulâncias nas proximidades.

A manifestação foi encerrada pouco antes do meio-dia.

paraguai-palanque-desaba-em-ciudad-del-este-durante-protesto

Veja o vídeo do momento da queda do palanque

Portal Guaíra com informações da CBN Foz
Vídeo: ABC Color


ad