Moradores de Ciudad del Este, revoltados com a decisão do governo de retroceder o departamento de Alto Paraná à quarentena zero, fizeram uma manifestação com alguns confrontos com a polícia, na noite desta quarta-feira (29). As informações são do Portal H2Foz.

Convocado apelas redes sociais, o protesto reuniu um grupo de manifestantes ainda não contabilizado, na rotatória da Mona Lisa.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os manifestantes quebraram parabrisas dos caminhões que passavam com destino à Ponte da Amizade, tanto com placas do Brasil como do Paraguai. Chegaram a colocar fogo na carroceria de um desses caminhões, que foi debelado já próximo à Aduana.

Foi posto fogo também em algumas pequenas lojas do microcentro.

Pelo que se pôde perceber pela transmissão da Rádio Concierto, um marinheiro foi ferido num confronto com um manifestante. Houve ainda a informação de que um caminhoneiro também ficou ferido.

A polícia avançou, a partir da Ponte da Amizade, até a rotatória da Mona Lisa, onde encontrou poucos manifestantes. A maioria tinha se dispersado, mas alguns estavam provocando incêndios em alguns locais ou depredando lixeiras.

Ao longo do trajeto, lixeiras destruídas e trincheiras com fogo, além do som de petardos e dos disparos de armas com balas de borracha, pela polícia.

Nos comentários da transmissão ao vivo pela rádio, a maioria dos que acompanharam pela Internet criticava o governo e apoiava a manifestação.

Por volta das 22h, prosseguia o som de petardos e de disparos por parte da polícia, mas as ruas já pareciam esvaziadas.

As informações são do Portal H2Foz