Libertado na noite de Natal (25), Arlan Fick, de 17 anos, filho de brasileiros nascido no Paraguai, distribuiu no sábado (27) 100 cestas natalinas para famílias que moram em uma região de favela em Concepción, a 470 km da capital Assunção. O pai do jovem, Álcido, ajudou o rapaz na distribuição.

O brasileiro foi libertado pelos guerrilheiros do Exército do povo Paraguaio (EPP) a cerca de 40 km de sua casa. O adolescente foi capturado na propriedade rural de sua família, na cidade de Paso Tuyá, departamento de Concepción, no norte do país, um município onde vivem cerca de 75 famílias, a maioria imigrantes brasileiros dedicados à agricultura. Foram 267 dias de drama longe da família, quase nove meses.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Leia também:
Paraguai – Após 8 meses sequestrado, adolescente Arlan Fick é libertado
Paraguai – Pai de adolescente brasiguaio sequestrado enviou U$ 500 mil ao EPP
Fronteira – PF pode ajudar a encontrar filho de brasileiro sequestrado no Paraguai

O rapaz publicou em seu perfil no Facebook imagens de sua volta para casa. Na rede social, ele agradeceu as orações de amigos e familiares.

Na sexta-feira (26), já em casa, Fick disse ter sido bem tratado pela guerrilha.

Durante o sequestro, ocorreu um enfrentamento armado entre a guerrilha e as forças de segurança do Paraguai, que terminou com a morte de um militar e de dois integrantes do EPP, enquanto os guerrilheiros conseguiram escapar com o jovem.

ARLAN-FLICK-ENTREGA-CESTAS-DE-NATAL-A-FAMILIAS-CARENTES-APOS-SER-LIBERTADO

ARLAN-FLICK-ENTREGA-CESTAS-DE-NATAL-A-FAMILIAS-CARENTES-APOS-SER-LIBERTADO-2

Portal Guaíra com informações do Alto Paraná Digital