ad

Três brasileiros são suspeitos de participar da escavação do túnel de 350 metros entre uma casa e uma empresa de transporte de valores de Cidade do Leste (Ciudad del Este) no Paraguai. Ao todo 14 pessoas foram presas acusadas de algum tipo de envolvimento no crime. Dois brasileiros já foram presos, José Luiz Martins e Carlos Alves da Silva e o terceiro está foragido, identificado como sendo José Francisco da Silva, que teria alugado a casa de onde partiu as escavações.

O túnel foi descoberto na segunda-feira (14), quando funcionários da Prosegur perceberam uma explosão. A polícia foi acionada e encontrou o buraco por onde os criminosos passariam para roubar o dinheiro guardado na empresa. Juan García, subchefe de Investigação de Delitos do Alto Paraná, acredita que a escavação durou mais de 01 ano e tinha como objetivo levar cerca de 100 milhões de dólares.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As autoridades do Paraguai acreditam que José Francisco teria recebido a quantia de R$ 25 mil para alugar a casa para os assaltantes. O Ministério Público do Paraguai pediu apoio à Polícia Federal do Brasil, pedindo os antecedentes criminais de cada um dos brasileiros suspeitos de envolvimento na tentativa de roubo. As autoridades acreditam que o crime possa ter ligação com o Primeiro Comando da Capital (PCC), do Brasil, em conjunto com um grupo paraguaio.

“Engenheiros tiveram que trabalhar, devido a precisão do túnel, que teve a mesma profundidade e a mesma dimensão em todo o trajeto”, disse Juan García, informando ainda, que devido as características do túnel, que conta com sistema hidráulico e elétrico, engenheiros devem ter ajudado no projeto de escavação.

TUNEL-EM-CIDADE-DO-LESTE-NO-PARAGUAI

TUNEL-EM-CIDADE-DO-LESTE-NO-PARAGUAI2

TUNEL-EM-CIDADE-DO-LESTE-NO-PARAGUAI3

TUNEL-EM-CIDADE-DO-LESTE-NO-PARAGUAI4

TUNEL-EM-CIDADE-DO-LESTE-NO-PARAGUAI5

TUNEL-EM-CIDADE-DO-LESTE-NO-PARAGUAI6

Fonte: Rádio Cultura Foz
Fotos: ABC Color