cotacionA alta do dólar tem provocado demissões de brasileiros que trabalham no Paraguai. Isso porque os comerciantes de Ciudad del Este, cidade vizinha de Foz do Iguaçu, encaram uma crise por causa da moeda norte-americana que enfrenta as maiores cotações dos últimos anos.

“Provavelmente, se continuar esta alta do dólar, a gente vai ter que fazer mais demissões”, afirmou a diretora comercial Neli Rodrigues. A cotação do dólar no comércio de Ciudad del Este está em R$ 2,57.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em um dos estabelecimentos, por exemplo, 50 trabalhadores já foram dispensados. Dados do Ministério do Trabalho do Paraguai revelam um cenário preocupante. Em média, desde o começo do mês de agosto, 15 pessoas têm sido demitidas por dia no comércio da cidade. Desses, quatro são brasileiros. Além disso, muitas lojas fecharam as portas.

De acordo com o vice-presidente da Câmara do Comércio de Ciudad del Este, Juan Ramirez, as demissões representam seis vezes mais que o normal. A estimativa é que de cada grupo de quatro empregados que ganharam a conta, um é brasileiro. “Nós pensamos que vai ficar ainda mais difícil. Levaria uns dois meses para estabilizar essa mudança que está acontecendo”, explicou.

Apesar da crise, ainda há comerciantes com expectativa de que o quadro melhore. “A gente nunca perde a esperança. Tem que melhorar para a gente continuar trabalhando aqui”, comentou o comerciante Ibraim Hijazi.

cotacion2

Fonte: G1
Fotos: Reprodução/RPCTV