Correio do Ar

[dropcap color=”#dd3333″]N[/dropcap]a manhã de terça-feira (04), o delegado de Polícia Civil, Dr. Ezequias Barbosa Cavalcanti Filho, juntamente com sua equipe de investigadores logrou êxito em cumprir um mandado de prisão contra uma pessoa acusada de cometer um assalto na madrugada do último dia 13. Ele foi reconhecido pelas vítimas através de fotografias. Diante das evidências, foi solicitado junto ao fórum a prisão temporária do mesmo.

Conforme repassado a equipe de reportagem, o homem de 35 anos de idade foi localizado em sua residência, onde recebeu voz de prisão.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Num primeiro momento o acusado disse aos policiais que os produtos do roubo haviam sido furtados dele, ou seja, “ladrão roubando ladrão”.

O delegado relatou que o mesmo possuí outras três passagens pelo setor policial pelo crime de roubo. Sendo que nestas ocasiões teria sido preso em flagrante.

Agora ele encontra-se recolhido junto a cadeia pública local, a disposição da justiça.

O assalto
Na madrugada de ontem (13), por volta das 01h30, policiais militares de Palotina foram solicitados via Copom pela Policia Civil que a equipe policial registrasse uma ocorrência de roubo.

A equipe policial deslocou até o endereço, chegando no apartamento entraram em contato com as vítimas. Elas afirmaram que um homem de aproximadamente 1m65 branco, trajando moletom de zíper, de cor branca com marcas de carimbo, calça jeans, tênis branco, o indivíduo que se encontrava na parte de fora do condomínio fez duas pessoas de reféns quando elas passavam pela rua. Na sequência ameaçando-as com uma arma de choque e possivelmente com um revólver, fazendo com que elas o guiassem até dentro de casa.

Ao entrar no apartamento o elemento começou a revistar a casa toda, pegando dinheiro, eletrônicos e semi Jóias, enquanto segundo as vítimas eram ameaçadas constantemente.

Antes de sair do apartamento ordenou que se ligassem para a polícia iria voltar e mata-las.

Portal Guaíra com informações do Correio do Ar