“Ele não se entregou antes, pelo que contou em depoimento, pois queria pagar as custas e participar do velório dela” contou na manhã de segunda-feira (17), o Delegado Pedro Lucena, responsável pela investigação e prisão do suspeito de matar Franciele de Lima Meira Carmo de 27 anos, em Palotina.

O ex-marido da vítima virou suspeito do crime após oitivas com várias testemunhas que relataram como era a vida de Francielle. O que chamou a atenção do Delegado é que a mulher não tinha inimizades e também mantinha nenhum relacionamento afetivo, apenas algo conturbado com o ex-marido.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Quem chamou a Polícia Militar para informar que a vítima estava morta foi o ex-marido. Ele, no primeiro momento, disse não saber o que tinha acontecido com a mulher. Com o avanço da investigação, o suspeito foi preso em Francisco Alves, 27 quilômetros do local do crime. Ele confessou a morte e disse que a matou por conta do uso de drogas. “Ele falou que estava em Toledo em uma festa e cheirou cocaína, ao chegar na casa da vítima discutiram e acabou a atacando com uma gravata”, descreve. Depois de desmaiar a vítima, ele pegou um pedaço de fio de energia, amarrou pés e mãos e depois cortou o pescoço com facão.

A filha do casal estava na residência no momento do crime, mas segundo o delegado a pequena de três anos não viu a mãe ser morta porque foi trancada no carro ao lado de fora. “Depois de matar a mulher ele chegou a voltar na casa três vezes. Chegou a deixar a porta aberta para que algum morador visse o crime, mas na última vez ligou para a Polícia”.

O criminoso ainda escreveu uma homenagem para a mulher nas redes sociais e disse em depoimento que lembrava sempre que olhava para a filha da forma como matou a mãe.

O suspeito está preso em Palotina e responde por homicídio qualificado – feminicídio. Ele pode pegar entre 12 e 30 anos de prisão.

A filha do casal foi entregue aos pais do acusado do crime, pois era ele quem tinha a guarda da criança.

As informações são da Catve