A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR), nesta sexta-feira (15), contra o homem que passou mão em ciclista e o motorista que aproximou o carro em que eles estavam até a vítima, em Palmas, no sul do Paraná.

Conforme a denúncia, os suspeitos se tornaram réus por importunação sexual – que tem a pena prevista de um a cinco anos de prisão – e lesão corporal qualificada – que prevê pena de um a quatro anos de prisão.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O caso teve como qualificadora a razão do gênero, pelo fato da vítima Andressa Lustosa ser mulher.

A denúncia foi oferecida por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Palmas. O processo penal tramita sob sigilo na Vara Criminal de Palmas.

Portal Guaíra com informações do G1