A Patrulha Rural da Polícia Militar recebeu denúncia anônima na quarta-feira (08) de que um morador do Bairro Pitanga, em Palmas, teria disparado com uma arma de fogo contra o galo do vizinho.

Os policiais foram ao local informado e abordaram o suspeito, um homem de 70 anos, que relatou ter efetuado um disparo com uma espingarda em direção a um gato, que estava atrás de sua casa em uma plantação, e não teria visto o galo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Questionado a respeito da arma de fogo utilizada, o idoso informou que não possuía registro, nem porte e que a comprou há dois meses pela quantia de mil reais. Ele entregou a espingarda calibre 32, desmuniciada com três cartuchos deflagrados.

Os policiais deslocaram até a propriedade da vítima, que confirmou os fatos e apresentou a ave morta com lesões na cabeça provocadas pelo disparo de arma de fogo.

O dono da espingarda foi preso por posse irregular de arma de fogo, disparo de arma de fogo e prática de maus-tratos contra animais.

Portal Guaíra via Assessoria