O Governo do Estado lançou na sexta-feira (16) o edital para o concurso público de ingresso ao Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar do Paraná, turma 2021.

As inscrições abrem no dia 3 de novembro e seguem até às 12h do dia 18 de dezembro.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

São 60 vagas para cadete policial militar (seis para candidatos afrodescendentes) e 10 vagas para cadete bombeiro militar (uma para candidato afrodescendente).

Para participar do concurso, os candidatos devem ler atentamente o edital e verificar os pré-requisitos básicos. Quando forem abertas, as inscrições devem ser feitas pela internet, no site do Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná, mediante o preenchimento do formulário de inscrição. Serão consolidadas com o pagamento da taxa, ou após a homologação da isenção dessa taxa (ver critérios no edital).

A SELEÇÃO

O processo seletivo será regulado pela UFPR. A primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, consiste no processo seletivo da UFPR, o qual será dividido em duas fases, que avaliarão o domínio dos conteúdos das disciplinas do ensino médio, as capacidades de articular ideias com clareza, de relacionar e interpretar fatos e dados e de raciocinar de maneira lógica. (ver www.nc.ufpr.br).

Depois os candidatos serão submetidos às Provas de Habilidades Específicas (PHE) no âmbito da PMPR e reguladas por edital.

As PHEs, de caráter eliminatório, serão compostas pelas seguintes fases: Investigação Social (IS), Avaliação Psicológica (AP), Exame da Capacidade Física (Ecafi) e Exame de Sanidade Física (Esafi).

CFO

O Curso de Formação de Oficiais, oferecido pela Escola de Formação de Oficiais, é disponibilizado todos os anos pela UFPR.

As disciplinas fundamentais estão ligadas diretamente à vida militar, buscando adaptar os cadetes para o melhor cumprimento da sua atividade como policial militar e bombeiro militar.

São diversos segmentos do direito, uso correto de armas de fogo, psicologia, estatística, educação física, direitos humanos e policiamento comunitário, além de técnicas de salvamento e prevenção de incêndios, entre outras.

O curso tem duração de três anos e, no 1° ano, o cadete recebe um subsídio de R$ 3.277,88, no 2° ano o valor é de R$ 3.671,24; e no 3° ano é de R$ 4.221,93.

Ao concluir o 3° ano o cadete é declarado aspirante à oficial com subsídio no valor de R$ 7.211,35. Após o período de estágio probatório, o militar estará apto a ser promovido ao posto de 2° tenente com subsídio de R$ 9.735,33.

Portal Guaíra com informações da AEN