Durante as 24 horas de ação da segunda edição da “Operação Nhapecani” quase 39.053 mil pessoas foram abordadas e 190 delas detidas ou apreendidas. As equipes policiais vistoriaram mais de 23.884 mil veículos, com a apreensão ou recuperação de 518. Mais de 160 quilos de maconha e 950 pedras de crack foram encontrados. Dezenove armas de fogo e 462 munições de diversos calibres foram apreendidas. A operação foi iniciada às seis horas da quarta-feira (06) e terminou às oito horas de quinta (07).

Além das 26 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) apreendidas, 2.369 multas por infração de trânsito foram expedidas pela PM. As equipes também vistoriaram 733 estabelecimentos. Os policiais ainda apreenderam 273 objetos ilícitos ou de contrabando. Das ações, 62 resultaram em assinatura de Termo Circunstanciado. Ao todo, 19 armas de fogo foram apreendidas em todas as regiões nessas 24 horas. Também foram apreendidas 3.450 bolinhas de haxixe.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A megaoperação foi desencadeada com cerca de 6 mil agentes de segurança pública em todo o Estado, sob a coordenação da Polícia Militar do Paraná, que disponibilizou cerca de 5,2 mil policiais militares. A “Operação Nhapecani” teve, ainda, a participação de mais de 370 policiais civis, 60 policiais federais, 234 rodoviários federais, além de 70 integrantes da Receita Federal.

O objetivo da megaoperação é reduzir a incidência de crimes violentos contra a pessoa (homicídios, latrocínios e lesões corporais) e contra o patrimônio (furtos e roubos), assim como os casos de roubos e furtos em veículos e estabelecimentos.

5º CRPM (Comando Regional da Polícia Militar) do Oeste e Sudoeste do Estado:

Na região oeste/sudoeste foram três armas apreendidas, 32 munições de diferentes calibres e 0,102 Kg de maconha. Também foram registrados 13 flagrantes e três flagrantes de ato infracional, além de 166 autos de infração de trânsito e seis apreensões de outros objetos.

Fonte: Assessoria/CGN