(Fotos: PRF/Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou no dia 30 de maio, a Operação Flagellum, nos estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, reforçando as ações de enfrentamento nas rodovias federais atuando de forma estratégica no combate ao crime organizado. Ocupando posições geográficas estratégicas na América do Sul, fazem fronteira com Paraguai e Bolívia, países reconhecidamente responsáveis pela fabricação e fornecimento de drogas para Brasil e outros países do mundo.

Na primeira ocorrência, desta tarde de quinta-feira (4), por volta das 13 horas, durante fiscalização em frente ao posto policial de Porto Camargo, a equipe PRF realizou a abordagem a um veículo Bi-trem. Em seguida, desconfiaram da documentação apresentada pelo motorista, o que motivou a realização de uma minuciosa verificação nos itens identificadores do veículo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Após verificação de todo conjunto Bi-trem, constataram que o caminhão- trator apresentava sinais de adulteração e, posteriormente, verificou-se que se tratava de um veículo furtado, na cidade de Braço do Norte – SC, no ano de 2015.

O condutor do veículo (42 anos) disse não saber que se tratava de um veículo adulterado. Apesar de trabalhar com o veículo a 4 meses. Todavia, o condutor foi preso pelos delitos de adulteração e receptação de veículo.

Ocorrência encaminhada para a delegacia Civil de Xambrê.

Na segunda ocorrência, por volta das 13 horas e 30 minutos, durante fiscalização no posto policial da Ponte Ayrton Senna, foi abordado o veículo GM Astra. Diante do nervosismo apresentado pelo condutor (22 anos) a equipe realizou revista no veículo, encontrando em mochilas, que estsvam no porta-malas, 22 celulares (marca Xiaomi) e mais alguns equipamentos eletrônicos de origem paraguaia.

A ocorrência encaminhada para Receita Federal de Mundo Novo.

Portal Guaíra com informações e fotos da PRF